Terça-feira, 11/ Agosto/ 2020
Veja as ultimas Noticias
Cadeia Pública de Cromínia segue com riscos de motim e fuga! Em revista, PM encontrou celulares e armas artesanais

Cadeia Pública de Cromínia segue com riscos de motim e fuga! Em revista, PM encontrou celulares e armas artesanais

Na quarta-feira, 25/01/17, após receber informação de que na cela 2 da cadeia pública de Cromínia havia celulares, e com rumores de que poderia acontecer o resgate de presos, a Polícia Militar decidiu realizar uma revista no local.

Crominia Rebelião - 23Na cela 2 foi localizado 1 sucho e 2 aparelhos celulares, sem chip.

A PM informou que não foi possível realizar revista em outras celas, devido ao grande volume de objetos e o serviço de radio patrulha na cidade.

A equipe que realizo as apreensões estava composta pelo Sargento Wander, Sargento Martins e Cabo Elson.

Veja também:

MOTIM: DOIS DIAS APÓS FUGA, PRESOS QUEBRAM PAREDES E QUEIMAM COLCHÕES NA CADEIA PÚBLICA DE CROMÍNIA, GOIÁS

Crominia Rebelião - 12

Após a fuga de 4 detentos do presídio de Cromínia, no final de semana que passou, a administração da cadeia Pública da cidade tomou algumas medidas para se precaver de possíveis novos eventos.

Entre as medidas está a possibilidade do endurecimento das regras para a visitação nesta primeira semana. Algumas visitas poderiam até mesmo ser suspensas, até que passe este primeiro momento “pós fuga”, para melhor controle dos detentos e melhor administração do presídio.

A possibilidade dessas medidas mais severas “desagradou” aos presos, que resolveram se rebelar.

Próximo das 13h00 desta terça-feira, 17/01/17, eles colocaram fogo em alguns colchões e depredaram as celas da cadeia. Quebraram vasos sanitários, paredes que dividiam os banheiros das celas e incendiaram os colchões em que dormiam.

O motim foi logo comunicado à 10ª Companhia Independente da Polícia Militar, que tem sede em Morrinhos e é a responsável pelo policiamento em Cromínia.

Crominia Rebelião - 13(Tá aí uma coisa que eu não entendo. A responsabilidade da administração da maioria dos presídios e cadeias em Goiás é da Superintendência Executiva de Administração Penitenciária, mas em Cromínia, a SEAP ainda não assumiu esta responsabilidade, deixando esse pepino para a PM. Quando a SEAP tem problemas com os detentos sobra é para a Polícia Militar.

Na verdade a SEAP tem uma Tropa Especial para cuidar desse tipo de situação. É o Grupo de Operações Penitenciárias – GOPE. Porém, por ser um presídio com apenas 16 detentos, o GOPE não foi acionado, e a PM de Morrinhos resolveu a situação, rápido e rasteiro).

Mas, em fim. Assim que a 10ª CIPM foi comunicada do fato deslocou viaturas de Morrinhos, Professor Jamil e Mairipotaba, além do Grupo de Patrulhamento Tático para Cromínia, e de forma rápida e eficiente controlou a situação.

Fomos informados de que havia 16 detentos na cadeia no momento do motim, inclusive os 4 que fugiram no final de semana, mas que haviam sido recapturados.

Com a presença da PM os detentos se renderam, e atenderam às solicitações da polícia, de se colocarem para a área do banho de sol, colocando-se agachados e perfilados.

Em determinado momento houve a tentativa de resistências por parte de alguns detentos, o que obrigou a Polícia a fazer um disparo de advertência.

A partir disso os ânimos se acalmaram de vez. Foi então que os agentes penitenciários puderam retomar o controle da situação.

Dos 16 detentos que estavam na cadeia de Cromínia, 12 foram colocados nas celas que foram recuperadas de forma adaptada, inclusive com conserto das grades que foram danificadas no dia da fuga. Outros 4 detentos foram transferidos de Cromínia para outros presídios. É lamentável.

Parabéns aos guerreiros da Polícia Militar que sempre tem que limpar as cagadas dos políticos. Parabéns à brava PM de Morrinhos e de Goiás.

Crominia Rebelião - 15Este foi apenas mais um dos inúmeros episódios que evidenciam a falência da Segurança Pública no Brasil, incluindo o Sistema Carcerário que nas últimas semanas explicitou para o mundo a incapacidade administrativa do Governo Brasileiro – um dos que mais arrecada impostos no mundo, mas que não tem dinheiro para nada. Não sobra.

Não tem dinheiro para a saúde, não tem dinheiro para a segurança, não tem dinheiro para a educação, não tem dinheiro para transporte público, não tem dinheiro para obras de infraestrutura, não tem dinheiro para o benefício do povo.

Enquanto isso os políticos vivem em Palácios. Palácio do Planalto, Palácio da Alvorada, Palácio das Esmeraldas, Palácios bancados com o dinheiro público.

Servidores públicos de carreira com salários miseráveis e servidores de cargos comissionados com salários exorbitantes. Esse é o Brasil de um povo que não sabe protestar.

Crominia Rebelião - 17Caminhoneiros são desunidos. Professores são desunidos.

Prefeitos são desunidos. Médicos são desunidos. Policiais são desunidos.

Inteligentemente o governo federal mantém a Polícia Militar sob a responsabilidade dos Estados.

Ou seja, temos 27 polícias militares – uma em cada um dos 26 estados e mais a do Distrito Federal. Se fosse uma única Polícia Militar no Brasil sob responsabilidade do Governo Federal, as possíveis greves e pressões seriam mais organizadas.

Da redação, por Leonardo Costa.

Motim em Cadeia Pública de Cromínia-GO

Presos queimam colchões

Motim na Cadeia de Cromínia-GO

Motim na Cadeia de Cromínia-GO

Motim na Cadeia de Cromínia-GO

Presos destroem celas na cadeia

Presos destroem celas da cadeia

Presos destroem celas da cadeia

Motim na Cadeia de Cromínia-GO

Motim na Cadeia de Cromínia-GO

a-astek

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

%d bloggers like this: