Quarta-feira, 28/ Outubro/ 2020
Veja as ultimas Noticias
Criança de 3 anos morre afogada na piscina em Caldas Novas

Criança de 3 anos morre afogada na piscina em Caldas Novas

A sexta-feira, 17/04, foi trágica para uma família do Pará, que passava o final de semana em Caldas Novas.

Enquanto os adultos conversavam e se divertiam à beira da piscina, as crianças brincavam dentro dela. Num momento de distração, uma criança de 3 anos se afogou na piscina que tem pouco mais de 50 centímetros de profundidade.

Foi no condomínio Thermas Rio Caldas, onde a família e amigos de uma comunidade evangélica passariam o final de semana, vindos de Goiânia.

Funcionários do condomínio tentaram reanimar a menina, mas, ela não respondeu aos estímulos. A criança foi conduzida num carro da Polícia Militar para a Unidade de Pronto Atendimento, UPA, mas não resistiu e morreu. A Polícia Civil investiga o caso.

Matéria publicada no portal G1 revela que “o comando do Corpo de Bombeiros de Caldas Novas informou que uma lei estadual, criada no ano passado, isenta condomínios residenciais com piscina de ter salva-vidas”.

É em momentos como estes que tragicamente constatamos os equívocos que eventualmente cometem os legisladores.

Isentar os condomínios de ter um salva-vidas sempre presente junto às piscinas traz que tipo de benefício ao povo goiano?

Não podemos afirmar que um profissional desses, neste caso específico teria salvado a vida da criança, mas, podemos perguntar: Isentar os condomínios de ter um salva-vidas sempre presente junto às piscinas traz que tipo de benefício ao povo goiano? (Fonte: G1/GO)

Panela de Barro Site Novo - 01

Mercotintas Banner Site - 01

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

%d bloggers like this: