Sexta-feira, 7/ Agosto/ 2020
Veja as ultimas Noticias
Deputado Marquinho do Privé fala sobre regionalização do Hospital

Deputado Marquinho do Privé fala sobre regionalização do Hospital

Deputado Estadual Marquinho do Privé ligou-me para esclarecer dúvidas que tenho. Foi na tarde de quinta-feira, 23/04, quando nos falamos por mais de 10 minutos ao telefone.

Sempre polido e muito bem educado, desculpou-se por não ter podido falar pessoalmente, já que esteve em Morrinhos na mesma tarde, mas, se justificou explicando-me que tinha um compromisso inadiável no fim da mesma tarde, em Goiânia e estava na correria que a agenda lhe impõe. Entendi perfeitamente.

O deputado ligou-me para esclarecer dúvidas que eu tenho e tornei públicas quanto à municipalização do Hospital Municipal de Morrinhos.

Escrevi recentemente aqui no site sobre minhas preocupações de que possivelmente esta regionalização estivesse ameaçada e pudesse não se concretizar após eu ter sido informado por um amigo que mora em Goiânia, de que autoridades de Caldas Novas estariam fazendo pleitos junto ao governador estadual que pudessem atrapalhar o Hospital Municipal de Morrinhos a se tornar uma das unidades da rede HUGO.

Abaixo segue a minha postagem original para que você entenda melhor o caso.

Segundo minha fonte, as autoridades de Caldas Novas querem que o Hospital Regional seja implantado lá, e não em Morrinhos. Pois bem, Marquinho do Privé desmente esta informação.

O Deputado disse-me que isso não procede; garantiu que jamais atuaria neste sentido e ressaltou que não fará nada que possa prejudicar Morrinhos ou outro município qualquer da região. Segundo suas explicações houve um mal entendido.

Marquinho do Privé explicou-me que, o que existe de verdade é um pleito antigo dele e do Prefeito Evandro Magal para que o Governo de Goiás auxilie o município de Caldas Novas a implantar lá alguns leitos de U.T.I. “Isso não tem nada a ver com a regionalização do Hospital Municipal de Morrinhos” – disse.

“Sabemos que é impossível para o Governo de Goiás implantar dois hospitais regionais tão próximos um do outro no interior, e não pedimos isso para o governador. O que queremos é viabilizar a implantação dos leitos de U.T.I, em Caldas Novas, uma cidade turística que recebe mais de 3 milhões de visitantes a cada ano e que necessita com urgência desse benefício” – explicou Marquinho.

Segundo o deputado, o trabalho neste sentido é antigo e as conversas estão bastante adiantados, com um grupo de empresários que se interessou em implantar os leitos de U.T.I em Caldas Novas e fazê-los funcionar via convênio com o Governo Federal, Estado e Prefeitura, oferecendo os leitos de forma gratuita para o usuário do SUS.

Ainda de acordo com o deputado, a implantação dessas U.T.I’s em Caldas Novas em nada atrapalharia a implantação de outras unidades no Hospital Municipal de Morrinhos quando este for regionalizado e passar a integrar a rede HUGO.

“Uma coisa não atrapalha a outra. São duas questões distintas. Temos uma demanda grande nos vários municípios da região e quanto mais leitos tivermos melhor será para Morrinhos, Caldas Novas e outras cidades próximas” – enfatizou.

Ao final de nossa conversa fiquei satisfeito. Trabalho há 24 anos em comunicação e já me relacionei profissionalmente com muitos políticos, aprendendo a interpretar suas reais intenções. Acreditei em Marquinho do Privé. Percebi verdade em sua fala.

Sigo acreditando também em minha fonte. Percebi que ela continua bem informada e transitando em esfera privilegiada, mas, neste caso houve mesmo uma interpretação errônea das informações que obteve. Como disse o deputado Marquinho do Privé: um mal entendido. Melhor assim.

Agora, volto todas as minhas atenções jornalísticas para a Secretaria de Estado da Saúde. Na próxima semana devo realizar uma entrevista com um dos responsáveis da pasta para saber em que pé andam os preparativos para a regionalização do Hospital Municipal de Morrinhos. (Da redação, por Leonardo Costa – Publicada na quinta-feira, 23/04, às 22h20)

Entenda o caso, lendo a publicação original, abaixo:

REGIONALIZAÇÃO DO HOSPITAL ESTÁ AMEAÇADA???

– Publicada na quinta-feira, 16/04

Talvez seja bobagem minha, mas, já começo a me preocupar com a anunciada regionalização do Hospital Municipal de Morrinhos. Temo que ela não aconteça por pressão política externa.

É que essas coisas dependem de ação político/administrativa, e nessa hora, quem tem mais força política ganha a queda de braço. Mesmo que ela já parecia ter sido vencida por um, ou outro.

Tenho fonte segura que me revelou o interesse de políticos de Caldas Novas em levar as UTI’s que seriam instaladas em Morrinhos para lá – Caldas Novas. Torço para minha fonte estar equivocada.

Não sou contra quem quer que seja lutar pelos interesses de seu município e sua gente. Sou contra é tentar tirar o que já está definido para outra comunidade, no caso a de Morrinhos.

Sou da opinião de que os políticos de Caldas Novas são muito competentes e podem conseguir para lá seus benefícios, sem interferir nos de Morrinhos.

Segundo a minha fonte, dois ou três políticos não estão dando sossego ao Secretário Leonardo Vilela e já teriam até mesmo aborrecido o Governador Marconi Perillo de tão grande a insistência em tirar de Morrinhos este benefício que foi conseguido pelo prefeito Rogério Troncoso e o Secretário André Luiz.

Não falei com Rogério ou André sobre isso, e nem com pessoas de Caldas Novas. Estou aqui esperando o desenrolar dos fatos e torcendo para que seja só um mal entendido.

O Hospital Municipal de Morrinhos está prestes a se transformar em uma unidade da rede HUGO, passando a ter gestão compartilhada entre Prefeitura e Estado, portanto, com mais verbas para investimentos e melhor estrutura para atender aos usuários.

Seria uma espécie de regionalização, com especialidade em uma determinada área medicina, e com ao menos 10 leitos, logo de início, em uma Unidade de Terapia Intensiva. Número que poderá ser aumentado com o passar do tempo.

Mas, depois que o anúncio foi feito pelo Secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela, ao prefeito morrinhense, Rogério Troncoso e ao secretário municipal de saúde de Morrinhos, André Luiz, outros políticos se interessaram pelo benefício a ser destinado a Morrinhos.

Espero que o secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela resista à pressão e que o Governador Marconi Perillo fique firme para cumprir os compromissos de beneficiar Morrinhos no setor de saúde pública, não esmorecendo. Tomara que minha preocupação não tenha razão de ser. (Da redação, por Leonardo Costa)

Mercotintas Banner Site - 01

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

%d bloggers like this: