Sexta-feira, 28/ Julho/ 2017
Veja as ultimas Noticias
Execução!!! Dois homens foram mortos na madrugada desta quinta-feira, 27/04/17, em Goiatuba.

Execução!!! Dois homens foram mortos na madrugada desta quinta-feira, 27/04/17, em Goiatuba.

Execução!!! Dois homens foram mortos na madrugada desta quinta-feira, 27/04/17, em Goiatuba.

Posto Gil2O Correio Sul Goiano apurou que em um dos casos, pouco antes das 03h00 da madrugada, homens armados foram até à residência da vítima, Sérgio José Sousa da Silva, à Rua RB – 02, no Recreio dos Bandeirantes, altura do nº 562.

Testemunhas disseram à Polícia Militar que 03 homens, ainda não identificados, todos de campus, pularam o muro para dentro do quintal da residência e se fizeram passar por policiais, chamando a vítima pelo nome.

Sérgio já cumpriu pena por condenação em Indiara-GO. Ao ser chamado se aproximou da porta da sala. Foi quando, segundo as testemunhas, os autores arrombaram a porta adentraram à residência.

Sérgio e outras duas pessoas que estavam no local correram para o banheiro da casa. Mas, os autores foram implacáveis. Eles foram até o banheiro, mandaram que as outras duas pessoas saíssem da frente da vítima e efetuaram 03 disparos de arma de fogo, atingindo Sérgio na cabeça.

gasImediatamente evadiram-se do local tomando rumo ignorado. Testemunhas contaram que Sérgio já havia sido vítima de tentativa de homicídio há alguns anos. A Polícia Militar foi acionada e realizou patrulhamento com objetivo de identificar os autores, mas até o momento ninguém foi preso.

SEGUNDO HOMICÍDIO DA MADRUGADA

No outro caso, no mesmo setor, Recreio dos Bandeirantes, pouco antes das 06h00, José Carlos Quirino da Silva, de 39 anos, foi alvejado por disparos de arma de fogo.

Segundo testemunhas ele tinha acabado de tomar café e ao sair caminhando pela rua foi abordado e alvejado. O autor, ou autores não foram identificados.

José Carlos tinha passagem por homicídio e cumpria pena no regime semiaberto. Também neste caso a Polícia Militar foi acionada e realizou patrulhamento com objetivo de identificar os autores, mas até o momento ninguém foi preso.

Da redação, por Leonardo Costa

51

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*