Terça-feira, 30/ Maio/ 2017
Veja as ultimas Noticias
Mercearia é assaltada no Jardim América, em Morrinhos, no início da noite de quarta-feira, 26/04

Mercearia é assaltada no Jardim América, em Morrinhos, no início da noite de quarta-feira, 26/04

Dentro da nova série de assaltos e roubos que aconteceram em Morrinhos nesta quarta-feira, dia 26/04, era próximo das 19 horas quando mais um estabelecimento comercial foi assaltado, em nossa cidade.

Posto Gil2Desta vez foi a Mercearia JM, à Avenida “A” do jardim América.

De acordo com informações colhidas pelo nosso redator, o comércio funcionava normalmente, em clima de tranquilidade quando de repente, dois homens chegaram e armados anunciaram o roubo, surpreendendo a todos.

Segundo a proprietária do estabelecimento, eles estavam armados e imediatamente após adentrar ao estabelecimento comercial pediram o dinheiro do caixa.

gasChamou a atenção o fato de um dos homens mandar a comerciante abrir um segundo caixa, alegando que lá, com certeza, haveria mais dinheiro.

Testemunhas disseram ao nosso redator que o homem vestia uma blusa branca e tinha uma camiseta preta cobrindo o rosto.

Após pegar o dinheiro, aproximadamente Quatro Mil Reais, ele fugiu pela Rua 5, da Vila Nova, tomando destino ignorado.

A Polícia Militar foi avisada e compareceu ao local, realizando patrulhamento na região, porém, não conseguiu identificar os autores até a publicação desta matéria.

Da redação, por Leonardo Costa.

51

2 comentarios

  1. Bom dia, Leonardo, a Paz do Senhor, gostaria de propor uma sugestão, sendo você uma pessoa que tem influência na sociedade, para tentar amenizar a onda de assaltos, será que os orgãos competentes não poderiam criar uma lei municipal determinando a proibição do uso de motos por 2 pessoas a partir de certo horário? Ou criar um banco de dados dos usuários de motos? Não sei se é possível, mas é uma sugestão.

    • Heliomar,
      tal lei seria inconsitucional.
      Se um pai de família só tem uma moto como veículo, e tem que levar a esposa doente ao hospital, como ele faria?
      E esse banco de dados, quem iria ficar responsável por cadastrar os dados, e obviamente não teria como obrigar o cadastro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*