Terça-feira, 28/ Janeiro/ 2020
Veja as ultimas Noticias
PM detém suspeitos de Homicídio em Morrinhos, menos de 9 horas após o crime

PM detém suspeitos de Homicídio em Morrinhos, menos de 9 horas após o crime

No início da manhã de quarta-feira, 27/05, próximo das 07h30 o operador do COPOM da 10ª CIPM foi acionado via fone 190 e recebeu a informação de um homicídio no município de Morrinhos Goiás. – Publicada às 10h05 de quarta-feira, 27/05

O fato teria acontecido por volta da meia-noite da noite passada, em uma propriedade rural na região Bom Jardim da Barra.

Imediatamente após tomar conhecimento da denúncia, o operador do COPOM acionou as viaturas de serviço que iniciaram os procedimentos de praxe para identificar e deter o autor e ou autores.

A testemunha relatou ao operador do COPOM que trabalhou o dia todo junto com a vítima em serviços de construção civil, concretando piso em uma fazenda na região Bom Jardim da Barra e pernoitavam em outra propriedade próxima.

Os dois colegas de trabalho – testemunha e vítima – já dormiam quando foram abordados por dois homens que chegaram ao local chamando a vítima pelo nome.

Ao se levantarem o suposto autor chamou a vítima para acompanhá-lo alguns metros mais adiante, enquanto a testemunha ficou acompanhada de outro homem.

site - 0005

Este então disse à testemunha: “o Jeyson vai matar o Roberto e você fica tranqüilo aqui, para não se complicar”.

A testemunha disse que tentou mudá-lo de ideia, mas, ele não lhe deu atenção.

A testemunha conta que ouviu o grito da vítima e em seguida o autor chegou onde eles estavam e queria matá-lo também.

Mas, após conversa com seu comparsa, desistiu do segundo homicídio e deixou a testemunha ir, com a promessa de que não contaria nada a ninguém sobre o fato.

A testemunha então saiu do local correndo e se dirigiu para a fazenda ao lado, onde trabalhou durante todo o dia e voltaria para trabalhar no dia seguinte. Lá encontrou o caseiro da fazenda e contou a ele o acontecido.

Na foto abaixo, possível arma do crime – indicada pelo suspeito. A faca estava sobre um ponto de ônibus, à marge da BR-153, região do Rochedo, onde os dois suspeitos embarcaram no ônibus para Goiânia.

site - 0003

Os dois foram até a casa principal e pediram para usar o telefone fico da fazenda, onde não há sinal para celular. Mas, a dona da casa, que acordou de madrugada com os dois chamando do lado de fora, ficou assustada e não quis deixá-los entrar.

A testemunha e o caseiro da fazenda passaram a noite na casa do caseiro e ao amanhecer saíram para buscar um telefone para avisar a Polícia Militar sobre o acontecido.

A equipe composta pelo 1º Sargento Weliton, Sargento Muller, Cabo Menezes e Cabo Porfírio deslocou-se ao local do fato, onde os policiais encontraram a vítima. Imediatamente acionaram a Polícia Técnica e o IML.

site - 0004

Os policiais começaram as buscas pela região e conversando com algumas pessoas souberam que os autores, em fuga, poderiam estar se dirigindo à Goiânia.

Imediatamente a viatura composta pelo 1º Sargento Weliton e Cabo Porfírio juntamente com a equipe da P-2 se dirigiram pela BR-153 sentido Goiânia, no intuito de interceptar o ônibus.

O tirocínio policial levou o 1º Sargento Weliton a ligar para o Major Francisco Leônidas, comandante da 10ª CIPM, que se dirigia à Goiânia, acompanhado de outra equipe, para compromisso de trabalho.

Ao ser informado, o Major Leônidas decidiu fazer, no Posto da PRF, em Hidrolândia, a abordagem ao ônibus da Viação Estrela, que havia saído de Morrinhos em direção à capital.

No ônibus foram encontrados os dois suspeitos. Ao serem abordados e questionados pelo Major Leônidas, os dois teriam confessado o homicídio. Foi então, que receberam voz de prisão na mesma hora, sendo levados à Morrinhos pela viatura comandada pelo 1º Sargento Weliton, da 10ª CIPM que foi ao local buscá-los.

Eles são, Jayson Sandro da Costa, de 27 anos – suspeito de ter esfaqueado a vítima, e Carlos Roberto da Silva, de 21 anos, que o acompanhou durante a ação.

A vítima é Roberto Pereira de Souza, de 54 anos, conhecido como Robertinho da CAM, por sua atuação na Central Abatedora de Morrinhos.

Foto abaixo – rede social

Roberto - Vítima

Os fatos que teriam motivado o crime ainda são investigados pelas polícias.

site - 0002

Na foto acima o 1º Sargento Weliton, o Sargento Muller, o Cabo Porfírio e o Cabo Menezes.

Atuaram na abordagem ao ônibus o Major Leônidas, a 3º Sargento Aureliana, Cabo Dayenna, e Cabo Marcio, e os PRF’s Cristiano, Ivan e Elvis.

A equipe comandada pelo 1º Sargento Weliton encontrou a arma do crime – uma faca – que foi escondida pelo autor.

Ela estava sobre o ponto de ônibus à margem da BR-153, na região do Rochedo.

Após chegarem à 10ª CIPM os suspeitos foram levados ao Hospital Municipal de Morrinhos para exames de praxe e depois conduzidos à Delegacia de Polícia Civil, onde ficaram à disposição da Polícia Judiciária. (Da redação, por Leonardo Costa. Fonte: Polícia Militar, 10ª CIPM, 1º Sargento Welinton, Sargento Muller, e colaboração do Capitão Weslei – Fotos: Divulgação da Polícia Militar, 10ª CIPM)

Mercotintas Banner Site - 01

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

%d bloggers like this: