Quarta-feira, 28/ Outubro/ 2020
Veja as ultimas Noticias
Polícia Civil prende suspeito de matar enteado com golpes de marreta e faca, em Caldas Novas

Polícia Civil prende suspeito de matar enteado com golpes de marreta e faca, em Caldas Novas

Ricardo Chueire, delegado regional, titular da 6ª DRP informou ao Correio Sul Goiano que os Policiais Civis de Caldas Novas prenderam em flagrante João Batista Ferreira, vulgo “João Quati”, de 60 anos.

CN 02

Ele é suspeito de ter assassinado o enteado, Paulo Júlio Moreira da Silva, de 31 anos, na madrugada de domingo, 06/09, no setor Mansões das Águas Quentes, em Caldas Novas, Goiás.

Segundo o delegado, após ter praticado o crime, João Batista efetuou ligação telefônica para a sua companheira e mãe da vítima, dizendo que tinha praticado o delito.

A Polícia Civil compareceu à residência onde aconteceu o crime e constatou que Paulo foi morto com requintes de crueldade, sendo vítima de golpes de marreta na cabeça e facadas pelo corpo.

Perceba na foto da Polícia Civil, que os cãezinhos de estimação da vítima subiram em seu corpo e lá ficaram, entristecidos com a não reação de seu dono.

CN 03

O delegado informou que após tomar conhecimento dos fatos os policiais civis iniciaram as buscas pelo suspeito, e conseguiram deter João Batista poucas horas depois no crime, quando no final da tarde, ele aguardava por uma condução para deixar Caldas Novas. Ele foi preso nas proximidades da estação rodoviária.

Ricardo Chueire informou que João Batista já cumpriu pena por homicídio na cidade de Corumbaíba, Goiás, tendo deixado a cadeia há cerca de quatro anos.

Ao delegado Wllisses Valentim, responsável pelo caso, João teria dito que estava embriagado após ter ingerido cerveja e pinga e, por conta disso, perdeu a cabeça e tirou a vida de seu enteado após uma pequena discussão entre os dois.

O suspeito está preso à disposição da Justiça. Ele poderá responder pelo crime de Homicídio Qualificado, que prevê pena de 12 a 30 anos de prisão, em caso de condenação. (Fonte: Ricardo Chueire – delegado de Polícia Civil. Fotos: Divulgação da Polícia Civil, via Ricardo Chueire)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

%d bloggers like this: