Domingo, 14/ Agosto/ 2022
Veja as ultimas Noticias
Polícias desarticulam quadrilha de roubo a banco em Goiás. Suspeitos iriam explodir caixas em Mairipotaba

Polícias desarticulam quadrilha de roubo a banco em Goiás. Suspeitos iriam explodir caixas em Mairipotaba

Na sexta-feira, 14/10/2016, em uma operação especial, as Polícias prenderam três suspeitos de integrar uma quadrilha especializada na explosão de bancos, no estado de Goiás. Um quarto suspeito morreu durante uma perseguição da Polícia Militar. Foi no Parque Atheneu, em Goiânia, na madrugada de sexta-feira, 14/10.

quartaConversas de celular, divulgadas pela Polícia Militar revelam como os suspeitos combinavam a maneira em que iam cometer os crimes em Goiânia e cidades do interior de Goiás.

Segundo a PM, a investigação que resultou na prisão dos suspeitos foi realizada a partir de levantamentos feitos em conjunto entre equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), a Agência Central de Inteligência (PM2) e a Polícia Federal. Assim, na quinta-feira, 13 de outubro, os policiais iniciaram as diligências em busca dos integrantes da quadrilha.

material-02Ainda na noite de quinta-feira, Fabiano Sales de Oliveira, de 25 anos, foi preso na casa em que morava, no Setor Capuava, em Goiânia.

Com ele, que já tinha sete passagens na polícia por furto qualificado, dano, receptação, entre outros, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12.

As diligências continuaram e, em uma casa no Setor Pedro Ludovico, os policiais prenderam Murillo Montenegro Santana, de 23 anos, que portava vários explosivos.

O homem já tem nove passagens na polícia, por crimes como homicídio, sequestro, porte ilegal de armas, entre outros.

material-01Logo depois os policiais seguiram até a cidade de Itaberaí, no centro goiano, onde prenderam Jefferson Jonatas Souza, que era foragido da Justiça.

Segundo a PM, ele é o líder da quadrilha e portava mais explosivos, espoletas, várias ferramentas para o arrombamento de caixas eletrônico e equipamentos conhecidos como “miguelitos”, que são pregos retorcidos lançados no asfalto para furar pneus de carros.

A operação continuou e, já na madrugada da sexta-feira, 14/10, os policiais identificaram mais um suspeito, em Goiânia. O homem, acompanhado de comparsas, fugiu até o Parque Atheneu, onde moram familiares dele, para tentar se esconder. Neste momento, eles invadiram duas residências e foi iniciada uma troca de tiros. O suspeito acabou baleado e morreu no local. Já os outros fugiram.

armasCom o homem morto foi apreendida uma pistola Ponto 40.

“Nós tomamos conhecimento que essa quadrilha iria explodir caixas eletrônicos em algumas cidades do interior, especificamente na cidade de Mairipotaba”, explicou o comandante da PM, coronel Divino Alves.

Fonte: Reprodução do site G1 e TV Anhanguera.

mercotintas-mosaico-01

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*