Sábado, 20/ Outubro/ 2018
Veja as ultimas Noticias
Familiares falam em corpos queimados, decapitados, corações arrancados e ausência de nomes dos mortos!

Familiares falam em corpos queimados, decapitados, corações arrancados e ausência de nomes dos mortos!

A história se repete! O Estado parece não ter controle da situação.

A cada episódio novas explicações e justificativas, mas, elas não convencem. E o pior: o problema nunca é resolvido!

Pelo contrário… ele se agrava.

terçaAs fugas estão se tornando uma coisa rotineira em Goiás.

Quando acontecem nos presídios do interior não chamam tanta atenção da mídia, não ganham espaço tão grande nos telejornais ou jornais da capital.

Mas elas estão acontecendo em um número impressionante que beira a rotina.

Isso é grave!

Estamos perdendo o nosso poder de indignação.

Passou a ser comum e corriqueiro o que deveria ser a exceção das exceções.

Mas, como vamos reagir? Como vamos protestar? Como podemos cobrar situação melhor?

Os governantes simplesmente fecham os olhos e os ouvidos para a população.

Parecem acreditar no mundo de fantasias que eles criaram para convencer o povo de que a realidade do dia a dia não existe, e que o que de fato existe é as histórias que eles nos contam através de sua mídia oficial, que aliás, não custa pouco.

OBS: Para compartilhar esta notícia clique em CURTIR no fim desta página

Retifica União de Motores Fera

2017 terminou com mais uma das inúmeras fugas em presídios de Goiás. Foi em Santa Helena na região sudoeste do estado.

2018 começou com mais uma das incontáveis fugas em presídios de Goiás. Foi em Aparecida de Goiânia no Complexo Prisional Odenir Guimarães.

a-astek

Os números ainda estão longe de serem oficiais. Há um desencontro enorme sobre o que as famílias veem e o que as autoridades confirmam.

Isso é comum em ocorrências desse tipo. É preciso checar, verificar mais de uma vez cada situação para depois confirmar uma notícia.

Até porque envolvem pessoas e divulgar uma morte de maneira errônea seria quase que imperdoável.

OBS: Para compartilhar esta notícia clique em CURTIR no fim desta página

Sabor Natural Para Site

Até o final da noite de segunda-feira, 01/01/18, as autoridades haviam confirmado 09 mortes na rebelião na na Colônia Agroindustrial do Complexo de Aparecida.

As informações de segunda-feira eram de que tudo aconteceu no setor do semiaberto.

15 seriam os feridos.

mercotintas-banner-site-01

Uma nota da SEAP informou de maneira oficial que 106 detentos fugiram, sendo que outros 127 saíram da unidade prisional, porém retornaram depois que o fogo foi controlado e a situação amenizou.

Extraoficialmente fala-se em até 370 foragidos, com mais de 80 recapturados até o fim da noite de segunda-feira, 01/01/18.

OBS: Para compartilhar esta notícia clique em CURTIR no fim desta página

Posto Gil 03

A confusão teria começado antes das 14h00 e só teria sido controlada duas horas depois, perto das 16h00 de segunda-feira.

Colchões foram queimados e parte de paredes foram quebradas.

semi 4Detentos de um grupo de presos teriam atacado outros detidos de grupos rivais dentro do complexo.

Presos da ala “C” teriam invadido as alas “A”, “B” e “D”, onde estavam os detentos rivais.

Agentes do Grupo de Operações Penitenciárias Especiais – GOPE – foram chamados e atuaram no local com apoio do Batalhão de Choque e do Grupo de Radiopatrulha Aérea – GRAER – da Polícia Militar.

Familiares dos detentos reclamam da falta de informações sobre identificação dos mortos.

Alguns denunciam que houve decapitação, que alguns corpos foram queimados e que de outros até o coração foi arrancado.

As autoridades não confirmaram isso de maneira oficial, mas, algumas fotos revelam corpos queimados e ao menos um decapitado. Um horror. Cenas bárbaras.

As famílias ainda não têm uma lista com a relação dos nomes dos detentos que foram mortos e isso faz aumentar a angústia de todos do lado de fora do Complexo Prisional. 

OBS: Para compartilhar esta notícia clique em CURTIR no fim desta página

Da redação do Correio Sul Goiano, por Leonardo Costa!

semi 5

REBELIÃO E FUGA NO COMPLEXO PRISIONAL EM APARECIDA

OBS: Para compartilhar esta notícia clique em CURTIR no fim desta página

semi 3

REBELIÃO E FUGA NO COMPLEXO PRISIONAL EM APARECIDA

OBS: Para compartilhar esta notícia clique em CURTIR no fim desta página

semi 7

REBELIÃO E FUGA NO COMPLEXO PRISIONAL EM APARECIDA

OBS: Para compartilhar esta notícia clique em CURTIR no fim desta página

semi 6

Foragidos recapturados após fuga

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

%d bloggers like this: