Segunda-feira, 26/ Julho/ 2021
Veja as ultimas Noticias
Menina de 9 anos sofre abuso sexual de padrasto em Caldas Novas! Polícia Civil o prendeu…
Imagem ilustrativa internet não se trata da criança em questão

Menina de 9 anos sofre abuso sexual de padrasto em Caldas Novas! Polícia Civil o prendeu…

Sabrina Leles, delegada titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, em Caldas Novas, informou ao Correio Sul Goiano, que uma equipe da referida DPCA prendeu na manhã de segunda-feira, 04/07/2016, um homem suspeito de estupro de vulnerável.

Trata-se de um homem de 37 anos que seria o padrasto da vítima, uma crianças de apenas 09 anos de idade, e que seria enteada dele.

Padrasto é detido pela polícia

Padrasto é detido pela polícia

Após receberem a denúncia, na manhã de segunda-feira, os agentes de Polícia Civil da Delegacia de proteção à Criança e ao Adolescente cumpriram o Mandado de Prisão Preventiva, expedido pelo Poder Judiciário de Caldas Novas e prenderam o homem de 37 anos, que é natural de Maracanã – PA.

A delegada Sabrina Leles apurou que o Conselho Tutelar de Caldas Novas foi acionado por uma médica pediatra da unidade de saúde intitulada Pronto Atendimento Infantil, onde uma criança de apenas nove anos de idade foi atendida.

Segundo a médica, a menina apresentava sinais de abuso sexual em sua genitália.

A criança foi ouvida, dentro dos parâmetros que estabelece a lei, e contou para a conselheira tutelar que foi abusada sexualmente pelo ex-padrasto. O homem é ex-companheiro da mãe dela.

Na Delegacia a menina confirmou todas as declarações de abusos sexuais sofridos, e foi submetida a exame médico legal, que, infelizmente comprovou a denúncia do crime de Estupro de Vulnerável sofrido pela criança.

Logo, a Polícia Civil representou pela expedição de Mandado de Prisão Preventiva do mesmo.

Segundo a delegada Sabrina Leles, além da comprovação de abuso sexual, o investigado ainda tentou, por diversas vezes, se aproximar da criança, demonstrando grande perigo para a menina.

Sabrina Leles informou que a criança está sob os cuidados de uma tia, já que a mãe também é investigada, devido a sua omissão frente aos abusos sexuais sofridos pela filha.

O suspeito já se encontra devidamente recolhido na Unidade prisional de Caldas Novas, à disposição do Poder Judiciário, e o Inquérito Policial será concluído em até dez dias – informou a delegada da DPCA.

Da redação, por Leonardo Costa com informações e foto da Dra. Sabrina Leles, delegada de Polícia Civil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

%d bloggers like this: